29 de ago de 2008

Charles Chaplin - The Bond (1918)



Com seu jeito cativante, Chaplin conseguiu reunir a história do homem, seus medos, seus anseios, seus objetivos e defeitos de forma cômica, muitas vezes beirando a ironia, cativando tanta gente até mesmo nos dias atuais. Com um senso crítico extremamente apurado e uma visão à frente de seu tempo, ele pôde fazer o (quase) impossível: transformar em sorriso e esperança os males do homem.
Nesse curta, "The Bond", Chaplin realiza uma verdadeira análise do comportamento humano em sociedade, dando ênfase aos laços que aproximam os homens. Por fim, ganham destaque os laços de Liberdade, pelos quais ele luta de forma segura e decidida, dando um basta à opressão e à dominação. No mínimo, genial.

Clique aqui para ver o curta.

Nenhum comentário: