26 de jan de 2009

Sobre o post anterior...

Primeiro post de 2009.
Já estamos em 26 de janeiro e só agora encontrei algo que realmente valesse a pena ser postado aqui. Uma comparação-denúncia, capaz de deixar qualquer um perplexo.
Muitas décadas se passaram desde o horror do regime Nazista, do Holocausto e dos campos de concentração, mas parece que pouca coisa mudou de fato.
O grande interesse que esse assunto desperta em mim diz respeito ao quão longe pode o ser humano chegar. É incrível perceber a brutalidade e falta de humanidade dessas imagens, como o ser humano pode ter esse senso de destruição tão aterrorizante. E o pior: a atemporalidade de tudo isso. A evolução trouxe tecnologia, comforto e praticidade para alguns, mas as mudanças que deveriam ocorrer de fato não ocorreram. E nesse ponto eu me questiono: "mudanças? que mudanças?". De nada adianta todo esse "avanço" deslumbrante se o coração do homem não puder sentir e saber o verdadeiro propósito de tudo isso.
A humanidade quer vida, não morte. Quer paz, não guerra. Quer o conforto de todos, não o conforto para alguns e sofrimento para os demais. A humanidade clama por mudanças. A humanidade aguarda respostas à esperança que deposita nos homens.
Falta o primeiro passo... 2009 está aí para isso.
E Barack Obama que se cuide.

Saudações a todos e um feliz ano novo atrasado.


Música: What I´ve Done - Linkin Park

Nenhum comentário: