23 de mar de 2010

Sou movida pelos meus princípios, pelo que tenho como correto, por aquilo que me faz sentir mais eu. Se tropeço, me desvio do meu caminho, há algo mais forte que me recompõe e que me faz enxergar de novo o trajeto que escolhi pra mim. Não há destino definido,há apenas um lugar para onde queremos ir e cujo pensamento nos aquece com esperança, mesmo sem que haja sequer um motivo racional ou lógico. Alguns chamam o destino de céu. Eu chamo o caminho de felicidade.

Um comentário:

Vagner disse...

"Faça um comentário"
não me atrevo...