22 de out de 2013

O mais cruel exercício à paciência - Livia Leal





Aprender a conviver com aquilo que não podemos mudar é o exercício mais cruel à nossa paciência. Quando lidamos com algo pelo qual podemos nos responsabilizar, vislumbramos como alternativa a possibilidade de mudança por meio da atitude positiva. No entanto, diante de acontecimentos que escorrem pelos nossos dedos e que nos influenciam sem que tenhamos qualquer chance de reação, vemos como única opção a submissão ao poder incerto de transformação do tempo. Aceitar que, embora sujeitos de nossa própria existência, dependemos muitas vezes desse traiçoeiro aliado requer um imenso esforço diário, que deve ser capaz de tirar dos nossos ombros a responsabilidade que é do mundo.

"Muss es sein? Es muss sein!"


Nenhum comentário: